Vírus HPV



Conheça o hotsite
sobre o Vírus


Atenção!

1. Use sempre camisinha.

2. É muito importante que você procure seu médico de confiança.

3. Algumas ilustrações colocadas neste site foram encontradas na Internet sem autoria conhecida.  Caso alguém que detenha a autoria queira a remoção é só nos comunicar, e-mail

4. Clique aqui e veja quais são os Objetivos do Site.



Doença de Peyronie

A doença de Peyronie consite na presença de uma fibrose no corpo cavernoso que provoca tortuosidade peniana.

A curvatura do pênis pode chegar a 90 graus podendo ser para cima, pra baixo ou para um dos lados.

Pode ocasionar dor, dificuldade para penetração e até dificuldade em ter e manter a ereção.
 
Descrita por François Gigot de La Peyronie (1678 - 1747) em 1743, médico do Rei Luiz XV, da França, que morou no palácio de Versailles.

Etiologia

A causa ainda é desconhecida podendo ser  auto imune, traumática, metabólica.

Diagnóstico

Paciente refere presença de fibrose no pênis e tortuosidade durante a ereção.
Ao exame físico nota-se presença de fibrose peniana.
Ultrason ou tomografia confirma a presença da fibrose do corpo cavernoso.
Testes de ereção ajudam a confirmar e avaliar o grau de tortuosidade.

Tratamento Clínico do Peyronie

É indicado nos casos em que a tortuosidade é leve.
Drogas mais utilizadas (Colchicina, Vitamina E, Potaba, Tamoxifeno)

Tratamento Cirúrgico do Peyronie

1. Corrigir a tortuosidade com plicatura contra lateral à fibrose
2. Retirada da placa fibrótica
3. Clocação de prótese peniana se tiver perda da ereção

Todas as técnicas cirúrgicas empregadas até então levavam à diminuição do pênis, pois se retirava parte da membrana da face longa do pênis curvo até igualá-la à curta. Assim, resolvia-se um grande problema, porém o paciente não ficava totalmente satisfeito.

Podemos contar com uma técnica cirúrgica que possibilita o alongamento do lado curto do pênis até deixá-lo do tamanho do lado longo. Com esta técnica consegue-se o máximo possível em tamanho peniano em um procedimento cirúrgico reconstrutivo de curvatura peniana fundamental ter em mente que o pênis se curva apenas na ereção, quando os tecidos estão esticados. Para que se tenha uma ereção reta, é necessário que todos os tecidos que formam o pênis tenham a mesma elasticidade. Quando um jovem apresenta pênis curvo, a curvatura pode ser devido a uma menor elasticidade dos tecidos por sobre a túnica ou menor elasticidade da própria túnica, causada por problemas durante sua formação. Entretanto, há casos em que os dois problemas estão associados.

Prof.: Dr Júlio José Máximo de Carvalho - Telefone: (11) 3832-0505

Voltar
 
Publicações




Falando sobre o HPV
Papilomavírus humano




Manual prático do HPV
Papilomavírus humano

Copyright © Insituto Garnet - Rua Búlgara, 190 - Lapa - São Paulo - CEP 05057-060 - Fone: (11) 3832-0505 - Última atualização em  26/06/2009
Desenvolvimento: Primeira Impressão Design