Vírus HPV



Conheça o hotsite
sobre o Vírus


Atenção!

1. Use sempre camisinha.

2. É muito importante que você procure seu médico de confiança.

3. Algumas ilustrações colocadas neste site foram encontradas na Internet sem autoria conhecida.  Caso alguém que detenha a autoria queira a remoção é só nos comunicar, e-mail

4. Clique aqui e veja quais são os Objetivos do Site.



Clamídia

Bactéria que pode ocasionar:

1. Uretrite Não Gonococcica no homem:


Quando causada por outro agente que não o gonococo, sendo os mais freqüentes a clamidea, o micoplasma, o ureaplasma e tricomonas, transmitidas pelo contato sexual com parceiro (a) contaminado (a).

É uma infecção do canal da urina (uretra), parecida com a gonorréia, porém provocada por outros germes (como clamídia , ureaplasma urealíticum, micoplasma e tricomomas vaginallis), transmitida pelo contato sexual com parceiro (a) contaminado (a).

No homem os sintomas são: pouco corrimento, que às vezes aparece somente quando aperta o pênis, e ardor para urinar, principalmente na primeira vez pela manhã.

A mulher muitas vezes não apresenta sintomas, quando estes aparecem são semelhantes aos da gonorréia, porém menos intensos.

Sua manifestação varia de 14 a 21 dias. Após 1 a 3 dias, o doente já se queixa de ardência ao urinar, seguida por corrimento. Em alguns pacientes pode haver febre e outras manifestações gerais de infecção.

É diagnosticada através de exame do canal da urina (uretra) no homem e na mulher. Na mulher também pode ser através de exame do colo do útero.

2. Linfogranuloma Venéreo LGV:

Agente etiológica é aclamide tracomatis sorotipo L1,L2,L3.

Doença infecciosa sistêmica transmitida por contato sexual causado por Chlamydia trachomatis.

O linfogranuloma venéreo é caracterizado por edema da região genital, tanto masculina quanto feminina (penis, vagina e vulva), febre alta, dor intensa na região inguinal ocasionando dificuldade para andar, aumento de volume inflamatório de linfonodos (bubões) acima e abaixo do ligamento inguinal, abatimento do estado geral, com intensa fraqueza.

Seu período de incubação é de 1 a 2 semanas.

3. Infecção Genital na Mulher:

Pode se apresentar como corrimento vaginal leve ou ser assintomática, o que é pior, pois silenciosamente pode evoluir com obstrução das trompas e prejudicando a fertilidade do casal. Situação muito frquente nas Clinicas de Infertilidade.

Prof.: Dr Júlio José Máximo de Carvalho - Telefone: (11) 3832-0505

Voltar
 
Publicações




Falando sobre o HPV
Papilomavírus humano




Manual prático do HPV
Papilomavírus humano

Copyright © Insituto Garnet - Rua Búlgara, 190 - Lapa - São Paulo - CEP 05057-060 - Fone: (11) 3832-0505 - Última atualização em  26/06/2009
Desenvolvimento: Primeira Impressão Design